governo do Rio Grande do Sul

Secretaria dos Transportes e Mobilidade

DAER - RS Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem

Rio Grande do Sul, 17 de agosto de 2017

Secretaria dos Transportes e Mobilidade
https://www.youtube.com/watch?v=XLsVFuaJJCw
http://www.daer.rs.gov.br/site/consulta_veiculo.php
http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/index.html
http://www.daer.rs.gov.br/site/lista_passageiros.php
http://www.geolivre.rs.gov.br
https://secweb.procergs.com.br/pra-aj4/public/proa_consulta_publica.xhtml
http://www.acessoainformacao.rs.gov.br
http://www.daer.rs.gov.br/site/transparencia_daer.php
http://www.seplag.rs.gov.br/conteudo/3441/PROREDES-BIRD

/ Institucional e Administrativo / Histórico

página inicial Página Inicial

DAER RS - 78 anos

Aspectos históricos

Início da década de 30. Naquele tempo, andar pelas estradas do Rio Grande do Sul exigia muita coragem. Fazer uma viagem até algum município do Interior poderia levar dias. Com a preocupação de oferecer melhores condições de tráfego, engenheiros ligados à Sociedade de Engenharia de Porto Alegre defendiam a criação de um departamento autônomo estadual para construir e conservar rodovias. 

Com esse propósito, surge, pela Lei nº 750, de 11 de agosto de 1937, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) como autarquia estadual responsável pela gestão do transporte rodoviário do Estado do Rio Grande do Sul, vinculada à Secretaria dos Transportes. Estava criado o segundo Órgão rodoviário do País. 

Na década de 40, o Daer construiu a primeira estrada, ligando Pelotas a Rio Grande, com 52 quilômetros de pavimentação com cimento armado, com os primeiros equipamentos adquiridos pela Autarquia. 

No dia 16 de novembro de 1953 foi criada a Polícia Rodoviária do Daer, composta por funcionários do Departamento que faziam o policiamento rodoviário das estradas estaduais do Rio Grande do Sul. Em 1967, a tarefa passou para a Brigada Militar. Nessa época, os funcionários puderam optar em permanecer no Daer ou se incorporar ao Batalhão Rodoviário da Brigada Militar. 

Em 1970, com a evolução da malha rodoviária e aumento no número de linhas intermunicipais, surgiu a necessidade de adequar a rodoviária de Porto Alegre. Em maio do mesmo ano, o Daer entregou a Porto Alegre a nova Estação Rodoviária Central. 

No ano de 1972, a Autarquia passou a ter sua sede própria, marcando uma nova fase na sua história. O prédio de 20 andares na Avenida Borges de Medeiros, nº 1.555, recebeu o nome do seu primeiro Diretor-Geral, José Batista Pereira. 

Na década de 80, passou a gerenciar a conservação das estradas, especialmente no que se refere à modernização da sinalização de segurança, e à coordenação do transporte intermunicipal de passageiros. 

Na década de 90, o conceito de polo rodoviário, pioneiro no Brasil, começa a ser implantado no Rio Grande do Sul, em mais um esforço do governo do Estado e do Daer para modernizar e conferir elevado padrão de qualidade à malha rodoviária gaúcha. Dessa forma, em 1995, foi atribuída ao Departamento a tarefa de conceber o Programa Estadual de Concessão Rodoviária. 

Em meados de 1997, o Daer decide inovar, acompanhando as exigências da sociedade moderna. Além de construir e conservar estradas, o Departamento passou a buscar a satisfação dos usuários, exigindo serviços ágeis e modernos, com respostas rápidas às suas necessidades. A inovação permitiu a criação do programa de construção de rodovias, com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o programa de reabilitação de estradas em mau estado, financiado pelo Banco Mundial (BIRD). 

Atualmente, o Departamento entra numa nova fase. É criada a Secretaria dos Transportes e Mobilidade e o Daer busca resgatar sua ação adequando sua estrutura organizacional, processos de gestão, programas e projetos, dentro de uma nova concepção de Estado.

Os diretores-gerais do DAER desde sua criação:

• José Baptista Pereira – 23/02/38 a 10/09/43;
• Clóvis Pestana – 11/09/43 a 30/06/45;
• Egydio Tito de Almeida Souza – 01/07/45 a 31/08/48;
• Ciro Mariante da Silveira – 01/09/48 a 31/01/51;
• Daniel Barnewitz Ribeiro – 01/02/51 a 30/06/54;
• Hélio Costa Meira – 01/07/54 a 31/01/55;
• Luiz Parga Torres – 01/02/55 a 31/01/59;
• Augusto Francisco de Castro – 01/02/59 a 24/02/60;
• Paulo Dexheimer Pereira da Silva – 25/02/60 a 16/05/61;
• Pércio Gaspar Reis – 17/05/61 a 31/01/63;
• Elizio Telli – 01/02/63 a 12/09/66;
• Luiz Grassi – 13/09/66 a 31/10/66;
• Antônio Augusto de Oliveira – 01/11/66 a 30/01/67;
• Ernesto Kurt Lux – 30/01/67 a 15/03/71;
• Jorge Cláudio Xavier da Costa – 16/03/71 a 15/03/75;
• Edmar José Levy – 16/03/75 a 15/03/79;
• Telmo José Bins – 16/03/79 a 23/03/83;
• Evandro Cloacir Behr – 24/03/83 a 28/02/86;
• Élio Seganfredo – 05/03/86 a 15/03/87;
• José Camboin Ribas – 19/03/87 a 05/05/89;
• Eudes Antidis Missio – 05/05/89 a 15/03/91;
• Jesus dos Santos Rodrigues – 19/03/91 a 24/03/94;
• Sérgio Roberto Lexau – 24/03/94 a 03/01/95;
• José Luiz Rocha Paiva – 04/01/95 a 31/12/98;
• Hideraldo Caron – 01/01/99 a 31/12/2002;
• Roberto Augusto Kruel Niederauer – 01/01/2003 a 07/02/2007;
• Gilberto Teixeira da Cunha – 08/02/2007 a 04/06/2008;
• Vicente Paulo Mattos de Britto Pereira – 17/10/2008 a 30/12/2010;
• Marcos Ledermann –  07/01/2011 a 28/09/2011;

• José Francisco Fogaça Thormann –  29/09/2011 a 26/11/2012;

• Ricardo Moreira Nuñez – 28/11/2012 a 05/12/2012;

• Carlos Eduardo de Campos Vieira – 06/12/2012 a 31/12/2014;

. Ricardo Moreira Nuñez - desde 01/01/2015

 

mapas rodoviários
Distritos Rodoviários
DAER RS - Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem
Av. Borges de Medeiros, 1555. Porto Alegre CEP 90110-150 / Fone: (51) 3210-5000
Horário de funcionamento: 8h30min às 12h e 13h30min às 18h.
Horário de atendimento do protocolo: 09h às 17h (sem fechar ao meio-dia).